segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Pok tem Sete Meses!

É isso ai, meu filhotinho completa hoje sete meses e tá cada dia mais lindo, mais esperto e mais IMPOSSÍVEL (mamãe morre de amores mas não é boba não).

Ver meu filho crescendo e se desenvolvendo tão bem é um presente e um privilégio, enquanto estava grávida pensava "com cinco meses ele vai pra creche", cinco, seis, sete meses e cade a coragem de deixar a cria, conversei seriamente com o namorido e tá resolvido, pokbuny só vai pra creche qdo estiver andando e falando, oque pelo visto não vai demorar muito afinal com seis meses ele começou a ficar em pé!

Até lá vou me virando pra nossas vidas (minha e dele) não cair na monotonia, passeios pela vizinhança, visitas a biblioteca local, parquinhos, playdates são ótimas opções, felizmente o tempo está melhorando e daqui a pouco pok vai poder rolar na grama da pracinha (sim, sou otimista, mas sei bem que isso só vai acontecer de verdade la pro final de abril).

Apóio e admiro as mães que voltam cedo ao trabalho, minhas tias e muitas amigas fizeram isso, mas eu fiz outra escolha, estavamos aqui nas coliquinhas, dores de barriga, qdo ele rolou pela primeira vez, qdo ele sentou, ficou em pé, qdo apontaram os primeiros dentinhos... quero estar aqui qdo ele der os primeiros passos e falar as primeiras palavras, mãe em tempo integral é oque eu escolhi ser, ao contrário do que muita gente pensa, não é uma decisão facil e não depende unica e exclusivamente de mim, pensamos e repensamos, até que concluimos que sim, podemos e vamos bancar esse pequeno luxo, fico em casa mais alguns meses.



Meu mocinho fazendo arte!

Alinhar à esquerdaFala se não dá vontade de ficar grudada o dia todo!



PS: As creches (day care) na Holanda são privadas e o preço para meio período (5 horas) varia de 400 a 800 euros por mes, em alguns caso é bem mais vantajoso ficar em casa!

6 comentários:

Nivea Sorensen disse...

Oi Ingrid, parabéns pelos 7 meses!
Eu ainda estou um pouco longe de ter que tomar essa decisão mas acho que faria como você, caso pudesse. Adoraria passar mais tempo com meu filho e nao me importaria de virar dona-de-casa, especialmente pq aqui na Irlanda custa ainda mais caro colocar a criança na creche. Acontece que não sabemos como ficaria nosso padrão de vida só com o salário do marido. Enfim, decisão muito difícil.
Aproveite ao máximo o tempo com seu filhote. Eu não tive minha mãe por perto e sei muito bem a falta que eu senti.
Um beijo,
N.

Nina disse...

Sorte do pok! :)

Ingrid Souza disse...

Nivea querida, como eu disse ficar em casa é uma escolha que envolve muito mais que o ato de ficar em casa e não é uma escolha só nossa, tb precisamos do apoio de nossos amores, tenho certeza que qdo chegar a hora vc vai tomar a decisão correta e tudo vai dar certo! =)
Enquanto isso, bora aproveitar o barrigão!

Beijos

Ingrid Souza disse...

Pois é Marina, esse pokbunny é um menino de sorte hahaha, saudades minha linda!

Gisley Scott disse...

Que bebê fofo!!! Bem capa de revista :)! acabei de mostrar pro meu grings :)! me apaixonei :)!

Anita disse...

Lindo, essa fase e' tao cansativa para as maes (pelo menos para mim pois trabalhei desde que cheguei a Holanda e continuei quando tive meus filhos) e passa pa-pum !