quinta-feira, 31 de março de 2011

Cara de quem?

Desde que pokbunny nasceu oque eu mais ouço é "nossa, ele não tem nada seu, é a cara do pai", sim, sim eu sei, ele é branquelo, loiro de olhos claros, até as entradas e os dois redemoinhos no cabelo são do pai, e eu entendo que fica bem dificíl, praticamente impossível me enxergar nele, já inclusive desencanei de apontar os pontos que temos em comum e contar que meu avô Tonico era um italiano loirinho de olhos azuis, agora eu tb entendo minha mãe, que passou a vida ouvindo a mesmissima coisa "nossa, a Ingrid parece filha só do Edison",é, eu sou uma cópia barata do senhor meu pai!

Ironia do destino ou simplesmente genética, a familia vendo as fotos do pequeno começou a dizer que ele é a cara da minha mãe e eu ria, mas eis que hoje ela me mandou uma foto de quando era bêbê e tinha mais o menos a mesma idade, tá ai... a mesma cara de safado, os mesmos olhinhos sorridentes, até a careca é igual da vovó Cidinha!

Pokbunny é sim neto da vó dele, filho do pai dele... já eu, só sou filha do meu pai! hahaha

  


4 comentários:

Nivea Sorensen disse...

Haha... Vc imaginava ele antes de nascer, Ingrid? Eu toda vez que penso no meu, o vejo de cabelos e olhos bem escuros, feito eu. To achando que se nascer como o pai, eu nao vou nem 'reconhecer' :)

Ingrid Souza disse...

Sim Nivea, eu imaginava ele branquinho como o pai, mas de olhos e cabelos as castanhos escuros como os meus, quando ele nasceu o médico já falou "ele é loiro", mas até ai pensei "conversa", pq como diz minha avó "filho de urubu nasce branco", mais tarde quando o vi no berçario não acreditei, ele não só era branquelo como o cabelo era tão loiro que não dava nem pra ver!
O cabelo tenho certeza que vai mudar, já os olhos não tem jeito não, sao duas contas... a pele eu ainda tenho fé que vai ser tipo aqueles surfistas australianos, sabe, loiro que pega cor e fica queimadao! hahaha
Carreguei 9 meses e saiu AAAAAAA CARA do pai hahha, desaforo... mas o pai BAAAAABA e adora qdo dizem que é a cara dele.

beijocas

Neda disse...

Ingrid, uma amiga casada com um japones uma vez me perguntou se quando eu saia na rua as pessoas me tratavam como seu eu fosse a baba, parei pre pensar e era verdade! Na vida dela coitada era uma constante, ja viu filho de japones, sempre tem cara de japones ...
Essa conversa ja me cansou, nao ligo pro fato do meu filho nao parecer comigo, ele se parece mesmo com o pai, mas tambem se parece com o meu pai e tem, coitado, muito do meu temperamento.
Melhor parecer com o pai do que com o vizinho, passou a ser minha resposta padrao. Fora a vez que disse que meus olhos eram claros, que a poluiçao havia manchado hehehehe ...
Bjs

Ana Paula - Journal de Béatrice disse...

Aqui tb a Béatrice é filha do pai!
Geinteim, eu acho que a expressão do olhar é sua mesmo!! A proposito, linda foto!!
Beijos : )