segunda-feira, 13 de junho de 2011

Especial Mompreneurs na Holanda



Esse mês o Mães Internacionais trás o especial “Mompreneurs”, esse termo internacional é usado mundialmente ao se referir à Mães Empreendedoras, mulheres que após a maternidade decidiram dar novos rumos as suas vidas e sem sair de perto dos filhos começar um nova fonte de renda.
Aqui no meu blog vou falar de três Mompreneurs que tive o prazer de conhecer aqui na Holanda, pessoas maravilhosas que admiro muito.
Para saber de outras histórias, conhecer outras "Mompreneurs" e saber um pouco mais sobre o assunto visite o nosso Mães Internacionais.


Aline Milk 

A Partylicious me faz muito bem faço algo com muito prazer e o melhor de tudo e saber que meus filhos iram sempre ter suas festas bem animadas e no estilo "brasileiro de ser''.

Foi a vontade de viajar e conhecer que fez Aline deixar a capital paulistana pra viver na Holanda, há sete anos ela juntou o útil ao agradável, largou a faculdade de administração e aceitou o convite de sua tia para dar uma mão com o priminho recém-nascido, virou Au Pair, se apaixonou pela terra dos tamancos, se apaixonou também pelo português Gregório, casou-se e por aqui ficou.
A “Mompreneur” nasceu no planejamento do aniversário de dois anos do seu primeiro filho, o Junior, ela queria muito fazer uma festa brasileira, alegre, com docinhos, bolo, e muita decoração, coisa não muito comum por aqui, na sua busca encontrou a Katchu Geerlings, da "Partylicious Events", a festinha aconteceu em 2009, o tema escolhido foi "Circo", era a primeira vez que a empresa realizava uma festinha com esse tema e como mãe zeloza a Aline acabou se envolvendo na montagem e curtindo muito tudo oque estava acontecendo, a festa deu super certo e a Aline continuou ajudando eventualmente nas festas que a Katchu fazia, a amizade entre as duas cresceu e o trabalho também, então veio o convite para se tornar sócia da empresa.
Hoje além do Junior ela também é mãe do Vinicius que tem quase um aninho, e é extremamente feliz com oque faz, conta com alegria que apesar de ser bastante trabalhoso conciliar a vida de mãe e a carreira tem dado super certo e é uma satisfação enorme poder trabalhar com oque gosta sem precisar se afastar de casa e dos filhos que ainda são pequenos.

Além do Partylicious a Aline ainda é uma das responsáveis do lindo projeto Ciranda-Cirandinha, que visa trazer a cultura brasileira para nossos pequenos brasileirinhos na Holanda, prometo um dia fazer um post bem legal contado tudo sobre esse projeto. 



Heloisa Helena Pereira Barretto Favaro 

Hoje sou feliz e realizada por desenvolver um trabalho que gosto, trazendo um pouco da nossa cultura até aqui. tenho uma empresa registrada e o carinho e reconhecimento dos meus amigos e clientes.

A Helô, como a maioria das mamães da Holanda a conhece, foi a responsável pela minha integração no mundo das grávidas e mamães daqui, ela é a dona da comunidade do orkut “Grávidas e Mamães na Holandapra qual eu entrei assim que vi que meu teste de gravidez deu positivo, ali batemos papo, tiramos duvidas, trocamos ideias, mulheres relatam seus partos e dão altas dicas pra quem ainda tá perdida num inicio de gestação em terras estrangeiras.
Além desse serviço de utilidade publica maravilhoso que é a comunidade, a Helô trouxe ainda mais para nós brasileiros na Holanda, ela tem um serviço de catering e oferece o mais váriados salgados brasileiros, as coxinhas acredito eu seja o salgadinho mais popular, (meu favorito), ainda tem tortas, cuscus, espetinhos de frango, tudo feito com muito carinho e produtos de primeira qualidade.

Natural de Limeira, interior do estado de São Paulo, formada em Jornalismo e atuante na área se mudou pra Holanda há oito anos acompanhando seu marido Paulo em um programa de doutorado na TU Delft, aqui, no inicio enquanto ele se dedicava ao doutorado, ela foi aprender o idioma, fazer outros cursos, nesse período também trabalhou com educação infantil e quando tudo se estabilizou foi a hora de iniciar um novo projeto, a maternidade, seu filho Luke nasceu em maio de 2008.

Com a chegada do bêbê o lado mãe falou mais alto, mas não calou o lado empreendedora e foi durante um evento do projeto “Ciranda – Cirandinha” que ela viu a oportunidade de iniciar um novo negócio, e começou a fazer seus deliciosos salgados pra fora, nascia ali uma “Mompreneur”, uma mãe que de dentro de casa, sem sair de perto do seu filhote continuou trabalhando e produzindo.
Três anos se passaram, o pequeno Luke já está no jardim de infância e com toda a dedicação a empresa só cresce, os quitutes ficam cada dia mais conhecidos por aqui e vão além das fronteiras Holandesas, Helô tem clientes na Belgica e Alemanha, pra atender todo mundo ela conta com a ajuda do marido Paulo, que além de marido, pai é também seu parceiro nos negócios, Trabalho sozinha com meu marido que também adora a cozinha ( criar novos produtos é com ele mesmo)”.

Helô me contou também que tem planos de continuar na Holanda e que em breve teremos mais novidades, aguardando ansiosa e confesso que eu ficaria imensamente feliz se nossa mamãe empresária e quituteira virasse dona de um barzinho daqueles que só tem no Brasil, cheio de delicias engordativas, clientes ela já tem de sobra pra isso! =)

Simone Verstappen Grin  

Muitas vezes, as dificuldades que me atormentavam, também me incentivavam a seguir em frente, meus primeiros clientes foram meus filhos, cada sorriso, era um flash”.

Simone nasceu em Belém do Pará, filha de um holandês com uma brasileira desde o berço teve contato com a cultura holandesa, foram muitas idas e vindas até decidir morar na terra dos moinhos, em julho de 2005 casou-se com um holandês e sua vida mudou de vez, no Brasil trabalhava em hotelaria e fez curso pra comissária de bordo, na Holanda as coisas foram um pouco diferentes e foi um longo caminho até se realizar profissionalmente.

Mesmo com toda a documentação em dia e fluência no idioma o emprego não chegava, enquanto isso Simone se dedicava a casa e a família que começava a se formar, em 2006 com a chegada de Alexander Lukas, seu primeiro filho, a vida profissional foi deixada de lado e ela se dedicou integralmente a casa e ao filhote, em 2008 nasceu a Lucia Helena e junto com ela a mamãe Simone retomou os planos de voltar ao mercado de trabalho e foi assistindo à uma novela da Rede Globo em que uma das personagens transformava um antigo hobby em profissão que ela teve um “click” e resolveu que também podia fazer aquilo.

Apaixonada por fotografia e com um certo talento natural ela acreditou que poderia dar certo e investiu seu tempo e dinheiro nesse novo projeto, pesquisou, estudou, se aprimorou, foram meses de dedicação, fotografando tudo e todos ao seu redor até que finalmente aconteceu, já tinha experiência e material necessário para seguir aditante e a sua empresa “SVerstappen Fotografie”, saiu do papel, foi devidamente registrada e se tornou realidade.

Hoje ela é mãe de dois filhos, dona de casa sim, mas também uma mulher realizada que transformou sua paixão em fonte de renda e ao invés de ter que escolher entre se dedicar a um ou outro, pode se dedicar aos dois, ela é uma “Mompreneur” e o faz com excelência.

Se você tá aqui na Holanda e quer conhecer um pouco mais sobre o trabalho dessas três super mães, click nos links abaixo.


Confesso que pra mim foi maravilhoso fazer esse post, foi também inspirador, a prova viva de que sim, com o apoio da familia, diciplina, força de vontade e determinação ser mãe e empresária pode dar muito certo!

Agradeço de coração a essas três mamães que cederam um pouquinho do seu pouco tempo para participar desse especial e comprovar aquilo que eu sempre acreditei, uma familia unida é um time vencedor. =)

Beijocas e uma ótima semana.

5 comentários:

Partylicious Events BR-NL disse...

Ingrid como já te disse apos ler tudo, senti um orgulho enorme de mim :) Sinceramente suas palavras me fizeram rever quem e Aline, pois passamos por tanta coisa aqui que as vezes começamos a perder nossa identidade, mais seu post me fez lembrar e relembrar quem sou e pq estou aqui, obrigada você por esta oportunidade e Parabéns pela forma linda de escrever.
Beijinhos
Aline Milk

Celi disse...

Ingrid,
Que histórias belíssimas! Adorei! Sabe que com a correria do dia a dia ainda não tinha conseguido ler nenhum post sobre o Mompreneurs. Nem mesmo no Mães Internacionais. Vou ver se dou uma passadinha por lá ainda hoje. Estou com muita vontade!
Mas como é bom conhecer essas histórias. Me faz pensar que tudo é possível. Não é mesmo? Basta determinação, interesse e conhecimento.
Você também pensa em algo parecido?
Um beijo.

Fernanda disse...

amei! super inspiradoras! Beijos.

Lu disse...

Adorei esse post!!! Queria tanto ter uma mega ideia e ter coragem pra executa-la por aqui... mas por eqto, preciso ser assalariada pra garantir o minimo de estabilidade na casa... mas essas 3 ai, estao de parabens!!

Beijos!

Ateliete® disse...

Gostei muito deste post! Todas as três muito dedicadas ao que fazem! Parabéns meninas.

Até logo
Eliete