quinta-feira, 7 de abril de 2011

O lado ruim da Primavera

Como tudo na vida, os lindos dias de primavera tb tem seu lado ruim, junto com as flores por todos os lados, as árvores cheias de brotos, os dias ensolarados e tudo de bom, vem os sapos e mosquitos, confesso que até hoje não consegui aceitar a existência de certos seres no mundo, sapos e mosquitos de todas as espécies são alguns deles, bastou o sol esquentar um pouquinho que pronto, a roça onde eu moro já tá empestiada, na semana passada já vi uns sapos na area, filhotinhos, mas eu bem queria ve-lo secos e esturricados, por que filhote cresce e eu ODEIO sapo, ai ontem no nosso passeio vespertino foi a vez dos pernilongos, NUVENS, juro, NUVENS de pernilongos por todos os cantos, Ó Deus, por que foi que o senhor criou essas criaturas?

Quase quatro anos morando na Holanda e quando chega a primavera meu drama começa, e se vc tá pensando que isso só acontece aqui na roça, tá muito enganado, essas pragas não são exclusividades das roças não, esse país tem água pra todo lado e onde tem água tem sapo e pernilongo, meus amigos moravam no centro de Amsterdam, cansei de ver sapinhos pulando feliz da vida e bastava sentar cinco minutinhos pra apreciar o liiiiindo canal da frente da casa que pronto, várias picadas pra coçar e inflamar depois, sou alérgica  e uma picadinha dessas atormenta minha vida, pior que isso só não mesmo aquele zzzzzz no ouvido na hora de dormir, não é de Deus não, deve ser coisa do capeta, HAJA tela na janela, inseticida, vela de citronela, repelente na orelha e oque mais o povo disser que funciona!

Károly já meio de saco cheio de me ver praguejando os pernilongos me perguntou se no Brasil não tinha pernilongo,ter tem, aooooos montes,tem incluisive o mosquito da dengue e outros super powers, mas eu morava em São Paulo, décimo segundo andar, não era sempre que tinha um super mosquito que conseguia chegar lá em cima, nos arredores dos parques e em certas áreas da cidade era mais fácil conseguir uma picada, mas nunca vi NUVENS voando no meio da rua e mesmo lá em Itape city era menos que aqui, aliás por conta da dengue rola aqueles caminhoes que passam evenenando tudo, deve fazer um mal danado, mas eu ficaria bem feliz com uns daqueles passando aqui também.

Se agora, que ainda nem tá quente já tá assim, imaginem daqui uns dias, vai ser um inferno, e tem mais meu pokbunny pra eu me preocupar, ano passado a filha da minha amiga parecia que tinha tido catapora de tanta picada de mosquito, que dó, não quero meu filhotinho assim não, temos telas nas janelas e eu já penso em outros meios pra proteger minha cria, preciso falar com algum pediatra pra saber como fica o uso de repelente em bêbês menores de um ano, e se não rola dar vitamina B12, na minha época de escoteira o melhor repelente era complexo B12, duas semaninhas tomando e podia ir acampar sossegada.

Bom fora esse inconveniente de sapos e pernilongos, a vida segue numa boa, e eu não me canso de sorrir cada vez que olho lá fora e vejo tudo lindo, florindo, aqui em casa só o pok acertou o relóginho com o novo horário, durante o dia ele dorme bem menos, parece que a luz do sol, os passarinhos, as sombras das arvores balançando o ajudam a ficar acordado, ele quer ver e ouvir tudo, quer brincar, olhar pela janela, ir pra rua... fica feliz com carinha de "finalmente um tempo bom nessa terra", tão novinho e já sabe dar valor aos dias ensolarados.
Ele que costumava dormir depois das 21:30, hoje acho que seria capaz de dormir lá pelas 20:40, que é qdo começa a arriar as baterias e ele vai ficando mais devagar, mais chorãozinho, um aviso de que tá na hora de ir pra cama, ele sempre dá uma acordada quando ouve o barulho do chuveiro, gritinhos de alegria por finalmente os seus escravos, pais, iniciarem o processo de fim de expediente, é só colocar no chão que ele engatinha direto pro banheiro, sem olhar pra trás como quem diz "melhor eu correr antes que eles atrasem mais meu sono...", banho tomado é botar o pijama, tomar o mamazinho, rezar o santo anjo, beijos e ciao, só amanhã de manhã!

Nos próximos dias vou comprar uma babá eletronica, assim mais pra frente, quando for claro até mais tarde eu e o namorido vamos poder aproveitar pra curtir um pouco mais o jardim e ser comidos por pernilongos depois que pokbunny embalar no sono, vida booooa.

Fotinhos do meu amor começando seu dia...

Um mamazinho...
 e ele tá pronto pra pular, pular, pular...










2 comentários:

Dani disse...

Odeio sapo tb!! eca! lembro q qud ia p praia sempre tinha e eu morria de pavor.

Aqui nao tem sapo, graças a Deus! Mas tem muito mosquitos, nuvens como vc disse.

Uma graça teu pimpo! bjaoo

Line disse...

Ai gente, sapo é até bonitinho, mas e aranha???
Esse é meu único pesadelo aqui! No verão o jardim fica cheio de aranhas, muitas mesmo! Sei que as aranhas chegam nessa época traídas pela quantidade enorme de insetos, mas olha, tenho pavor de aranha! Fora isso, no nosso ajrdim tem um bichinho vermelho, que parece um percevejo, que sobe pelas plantas e pela parede e chega a entrar até dentro de casa! Mas são tantos, mas tantos, que o chão e a parede ficam vermelhos! Qualquer dia desses coloco no blog uma foto que tirei do verão passado...

Beijos e ótimo finde!